A instituição filantrópica ADefAV-CRIFES (Associação para Deficientes da Áudio Visão) participou do I Encontro de Melhores Práticas da Secretaria de Participação e Parceria  do município de São Paulo, que aconteceu no dia 3 de julho, no auditório da própria Secretaria.

Este evento, que é primeiro de uma série mensal, foi voltado ao Segmento de Pessoas Portadoras de Deficiência e teve como objetivo promover a integração de informações e de conhecimentos entre Organizações não governamentais – ONG’s de certas áreas de atuação. Cerca de representantes de 70 instituições relacionadas à pessoa com deficiência participaram do Encontro.

A ADefAV foi umas das instituições convidadas a apresentar suas estratégias para passar de uma organização assistencialista a uma instituição respeitada no Terceiro Setor. Ao longo de seus 26 anos de atividades, parcerias internacionais públicas foram essenciais ao aprimoramento profissional de sua equipe e ao desenvolvimento de programas educacionais especializados. Elas permitiram a ampliação dos serviços, inicialmente destinados a crianças surdocegas, a surdocegos adultos e famílias de crianças com deficiência múltipla.

Parcerias como as efetuadas com a Perkins School for the Blind (Massachussets, EUA), Programa Hilton Perkins para a América Latina (Massachussets, EUA), Fundação Lavelle (New York, EUA), Big Loterry (London, Inglaterra), Fundação Safra e projetos financiados pelo Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente – FUMCAD e pela Secretaria Municipal de Educação foi possível ampliar os trabalhos desenvolvidos pela ADefAV para promover a inclusão educacional e social.

Graças ao FUMCAD, foram viabilizados dois importantes projetos: “Ampliação e Equipagem de Oficinas e Sala de Recursos”, patrocinado pela Porto Seguro, e o projeto para “Sistematizar Atendimento às Famílias, apoiado pelo Instituto Unibanco.

Algumas das principais mudanças viabilizadas pelos convênios foram: ampliar o atendimento educacional especializado, inicialmente destinado a surdocegos, para deficientes múltiplos; passar de um atendimento pedagógico para outro com equipe colaborativa, integrando atendimentos educacionais e terapêuticos; deixar de ser uma escola especial para tornar-se um entro de recursos para a inclusão.

Isto tudo foi possível porque a ADefAV soube estar atenta à mudança de demanda e adaptar sua oferta de serviços especializados para atendê-la, afirma a diretora técnica da entidade, Maria Aparecida Cormedi. “Para desempenhar esse papel, exige-se a transformação de uma visão focalizada no problema, para o foco como solução para o atendimento a surdocegos e deficientes múltiplos, na qual o Estado brasileiro, atualmente, não tem mais condições de resolver por si só. A demanda está presente e necessita ser atendida com responsabilidade”, afirma.

Também participaram do evento a AVAPE, Adere e APAE.

Sobre a ADefAV-CRIFES

A ADefAV – CRIFES – Centro  de Recursos para a Inclusão na Família, Escola e Sociedade é uma organização filantrópica reconhecida no terceiro setor pelo trabalho que desenvolve em prol da inclusão na família, escola e sociedade de  crianças, jovens e adultos com surdocegueira e deficiência múltipla. Fundada em 1983 e situada em São Paulo (SP), a ADefAV-CRIFES também é reconhecida pelas consultorias e cursos de capacitação na área de surdocegueira e deficiência múltipla para profissionais e comunidades brasileiras e latino-americanas, com o apoio técnico do Programa Hilton/Perkins para a América Latina, da Perkins School for the Blind (EUA).

ADefAV/ CRIFES – Centro  de Recursos para a Inclusão na Família, Escola e Sociedade

3571-9511 ou 9515

www.adefav.org.br

Informações para imprensa
Vértice Comunicação
Cristina Feres – cristina@verticecomunicacao.com.br
 (11) 5585-7777 / 5585-7778 / 8364-7412