Descrição do logotipo: palavra inclusive escrita à mão, em verde, entre parênteses laranja, com os pingos dos “is” laranja.
Descrição do logotipo: palavra inclusive escrita à mão, em verde, entre parênteses laranja, com os pingos dos “is” laranja.

Vídeo da Expresso TV, da AFPTV, Portugal

Transcrição das legendas/falas e descrição das imagens, feitas por Romeu Sassaki.
Fonte do vídeo: http://aeiou.expresso.pt/users/2123/212309/radio1_133322a3e4ec1839ffc46f47ab6172e2.flv

VOZ FEMININA EM OFF (sotaque lusitano):
“Diretamente de um campo de refugiados em plena Faixa de Gaza, funciona a Rádio Alvorada. E esta estação tem uma particularidade: a maior parte dos jornalistas tem uma deficiência”.

IMAGENS SIMULTÂNEAS COM A VOZ EM OFF:
Sala de gravação/edição; sala de locução; banner da Rádio na parede; homem se locomove com duas bengalas canadenses pelo corredor; locutora cega transmite notícias; foto do prompter mostrando texto em letras ampliadas.

IMAGEM DA ENTREVISTADA SAMIRA KHALED
(moça com baixa visão, locutora de noticias, depõe):
“Sou uma locutora de notícias. Por isso, uso muito o computador. Mas para ler os textos, tenho de aumentar bastante as letras para conseguir ver”.

VOZ FEMININA EM OFF (sotaque lusitano):
“A Rádio Alvorada tem pessoas com deficiência física e visual e é gerida por quem partilha das mesmas limitações. Dos 26 funcionários, metade tem algum tipo de deficiência”.

IMAGENS SIMULTÂNEAS COM A VOZ EM OFF:
Duas locutoras na sala de locução; sala de gravação/edição; close de locutora transmitindo; homem que anda com bengalas canadenses adentra a sala de redação.

IMAGEM DO ENTREVISTADO KHALED ABU SHUAIB
(diretor de programas, depõe):
“Gaza tem a maior porcentagem de população deficiente no mundo. Antes da última guerra, eram 70 mil num total de 1 milhão e 300 mil pessoas com deficiência”.

VOZ FEMININA EM OFF (sotaque lusitano):
“A Alvorada começou a transmitir em 2006, é financiada pelas Nações Unidas e é a única estação no mundo árabe a focar sobre deficientes. A equipa quer agora auxiliar a mais pessoas.

IMAGENS SIMULTÂNEAS COM A VOZ EM OFF:
Sala de redação onde 4 jornalistas (2 homens e 2 mulheres) trabalham em seus computadores; sala de gravação/edição; mulher controla equipamentos de gravação/edição; moça que utiliza andador se locomove para outro setor.

IMAGEM DA ENTREVISTADA AMANI ALHSAI
(moça cega, locutora de notícias, depõe):
“Enfrentamos vários problemas. O mais grave é que a nossa mensagem não chega a todas as zonas de Gaza. Por causa dos embargos, não conseguimos colocar transmissores para cobrir todo o território palestino”.

VOZ FEMININA EM OFF (sotaque lusitano)
“O director da rádio revela que os outros conflitos deixaram mais de 3.000 pessoas incapacitadas. A situação vai piorar com a busca de comida e alimentos. Até os problemas humanitários estarem resolvidos, a Rádio Alvorada afirma que vai continuar a ser uma voz para pessoas com deficiência”.

IMAGENS SIMULTÂNEAS COM A VOZ EM OFF:
Equipamentos de gravação/edição; duas locutoras cegas na sala de locução; sala de gravação/edição; locutoras cegas transmitem.
Duração do vídeo: 1 minuto e 55 segundos.