Por Márcio Bastos,
especial para o JC.

Foto: Divulgação

Após o DDDança levantar importantes pontos sobre a situação do setor, outro evento vai continuar as discussões e incentivar a pesquisa e profissionalização na área. Entre 30 de maio e 2 de junho, o 4º Seminário Nacional de Dança e Educação de PE promove debates que tocam pontos como educação, inclusão de pessoas com necessidades especiais e o papel da arte e do artista.

Paulo Henrique, curador da mostra e diretor do Grupo Acupe, que tem pesquisa continuada na questão da acessibilidade, incluiu na grade do evento workshops, palestras e espetáculos.

Com o tema Por Uma Dança Acessível, a programação procura “ampliar e aprofundar territórios e fronteiras entre dança, educação e acessibilidade”. Para isso, pretende mobilizar agendas da área, como estudantes, professores, bailarinos e pesquisadores, sejam eles portadores de deficiências ou não. Todas as palestras acontecerão à tarde e à noite, no Teatro Hermilo Borba Filho, e terá nomes importantes na área, como o bailarino e curador do seminário Edu O. (BA), a pesquisadora Lúcia Matos (BA) e a artista Estela Lapponi (SP), entre outros. As mesas terão também tradução em Libras.

Paulo Henrique, curador do evento e diretor do Acupe, grupo que assina a realização do seminário e há nove anos propõe um trabalho artístico, mas também de formação no Estado, selecionou também uma grade de espetáculos, para além dos workshops. Entre eles estão o espetáculo ‘Sem Conservante’ da Cia. Gira Dança (RN), a performance ‘AH, SE EU FOSSE MARILYN!’ de Edu O, além de ‘Tijolos de Esquecimento’’, do Acupe.

Os quatro dias do Seminário Nacional de Dança serão divididos entre o Teatro Hermilo Borba Filho, a Caixa Cultural e o Paço do Frevo, que recebem os workshops Diversos Corpos Dançantes (ministrada por Carla Vendramin, RS), Audiodescrição (com Andreza Nóbrega, PE) e Danceability (com Estela Lapponi, SP), respectivamente. Os participantes do evento também poderão acompanhar exclusivamente na segunda-feira, a divulgação do resultado do projeto Mapeamento da Dança com as pesquisadoras Lúcia matos (UFBA), Roberta Ramos (UFPE) e Adriana Gehres (UFPE). As inscrições para o seminário (100 vagas/mesa temática) e para os workshops (25 vagas/workshop) são gratuitas e devem ser feitas através do site www.acupegrupodedanca.com.br