Em cubo com fundo preto, as palavras CCBB (Centro Cultural Banco do Brasil) escrita em azul e Educativo escrita em branco.De 20 à 25 de novembro
Pelo terceiro ano consecutivo, o CCBB Educativo SP promove a Semana de Acessibilidade, fruto das pesquisas e indagações dos educadores do grupo de pesquisa em Acessibilidade. Uma série de atividades reflexivas sobre o espaço físico, a atuação de pessoas com deficiência em instituições culturais, os tipos de deficiência e formas de aproximação e interação. Também haverá oficinas lúdicas relacionadas à exploração dos diversos sentidos e vivências práticas sobre surdez e surdocegueira. Todas as atividades são gratuitas.
Vivências em Acessibilidade – de terça à sexta-feira às 14:00
Dia 20 – Terça-feira
14:00 – História em Quadrinhos Tátil
Que tal criar uma história em quadrinhos sem utilizar a visão? Com os olhos vendados, o público é convidado a criar uma utilizando principalmente o tato.
Capacidade: 10 lugares, com retirada de senha meia hora antes.
Dia 21 – Quarta-feira
14:00 – Visita Sensorial à exposição “Planos de Fuga”
Visita mediada à exposição “Planos de Fuga” que privilegia os diversos sentidos.
Capacidade: 10 lugares, com retirada de senha meia hora antes.
Dia 22 -Quinta-feira
14:00 – Visita Sensorial ao prédio do CCBB
O visitante é convidado a participar de um jogo com diversas possibilidades sensoriais que o levará à uma viagem histórica, passando pelos estilos arquitetônicos do prédio e resgatando a imagem da sociedade paulistana dos anos 1920.
Capacidade: 10 lugares, com retirada de senha meia hora antes.
Dia 23 – Sexta-feira
14:00 – Contação de história em Libras – Capela dos Aflitos
No Cemitério dos Aflitos no bairro da Liberdade, foram enterrados muitos sentenciados à forca, como o soldado Chaguinhas. A forca foi erguida no atual Largo da Liberdade mas corda arrebentou uma, duas, três, quatro vezes!!! Diz a lenda urbana que o local onde ficava o cemitério é, até hoje, mal assombrado. Este conto será apresentado com toda sonoplastia, feita pelo público, que uma história arrepiante merece… Uh, uh, uh!!!
Capacidade: 20 lugares, com retirada de senha meia hora antes.
Dia 24, sábado
9:30 às 12:00 – “Práticas e Reflexões com Educadores: Acessibilidade e Inclusão”
Neste encontro, as convidadas Carolina Fomin e Thais Frota abordam as dificuldades enfrentadas no dia a dia pelas pessoas com deficiência em espaços urbanos, edificações e mobiliários. No final o público é convidado a fazer uma visita pelo espaço do CCBB para vivenciar na prática as barreiras mais comuns.
Carolina Fomin é graduada em Arquitetura e Urbanismo pelo Mackenzie e pós-graduanda em Acessibilidade pela Universidade Nove de Julho. É professora do curso “Acessibilidade na Prática” do MAM e atua em projetos de arquitetura voltados à acessibilidade. É também tradutora-intérprete de LIBRAS.
Thais Frota é arquiteta especialista em acessibilidade, sócia da empresa Arquitetura Acessível e consultora de acessibilidade. Professora do curso de “Acessibilidade na Prática” no MAM
Inscrição prévia com agendamento: fone (11) 3113-3649 – Capacidade: 70 lugares.
13:30-14:30 – Oficina “Ritmo Sensorial: música para surdos”
Um coletivo de jovens que realiza baladas para surdos mostra ao público ouvinte e não-ouvinte, de maneira teórica e prática, como os surdos vivenciam a música através dos diversos sentidos.
Capacidade: 20 pessoas, com retirada de senha uma hora antes.
15:00 – 17:00 – Mesa redonda: A atuação de pessoas com deficiência em Instituições Culturais
Neste encontro contamos com a participação de Daina Leyton – Coordenadora do Educativo e Acessibilidade do Museu de Arte Moderna de São Paulo; Cláudio da Costa Rubiño – Coordenador de Acessibilidade do Museu Afro Brasil; Amanda Tojal – Coordenadora do Programa Educativo Públicos Especiais (PEPE) da Pinacoteca do Estado de São Paulo e Ialê Pereira Cardoso Brandão – Coordenadora do Núcleo de Ação Educativa do Museu do Futebol e Amaury Costa Brito – Assistente do Núcleo de Ação Educativa do Museu do Futebol. Os convidados abordaram a atuação de pessoas com deficiência nos respectivos espaços culturais.
Inscrição prévia com agendamento: fone (11) 3113-3649 – Capacidade: 70 lugares.
17:30 – 18:15 – Oficina: Interação com Surdocegos
Através de diversas vivências, a oficina aborda formas de interação com surdocegos, trás informações sobre esta deficiência e dicas de como lidar o surdocego com o intuito de promover sua inclusão em espaços sociais.
Capacidade: 20 pessoas, com retirada de senha uma hora antes.
Dia 25, domingo
15:00 – Visita Sensorial ao prédio do CCBB
O visitante é convidado a participar de um jogo com diversas possibilidades sensoriais que o levará à uma viagem histórica, passando pelos estilos arquitetônicos do prédio e resgatando a imagem da sociedade paulistana dos anos 1920.
Capacidade: 10 lugares, com retirada de senha meia hora antes.
CCBB Educativo
Semana da Acessibilidade
Novembro de 2012
ENTRADA FRANCA
Classificação indicativa: livre.
Recomendação etária: a partir de 5 anos.
—————————————-
Centro Cultural Banco do Brasil – São Paulo
Rua Álvares Penteado, 112 – Centro – SP
Informações: (11) 3113-3651 / 3113-3652
http://www.bb.com.br/cultura
http://www.twitter.com/ccbb_sp
Horário: de terça a domingo, das 10h às 20h.
Acessos – Estações Sé e São Bento do Metrô.
Acesso e facilidades para pessoas com deficiência física.
Estacionamento Conveniado: Estapar Estacionamentos – Rua da Consolação, 228 – Edifício Zarvos (R$ 15,00 pelo período de 5 horas. Necessário carimbar o ticket na bilheteria do CCBB).
Van faz o transporte gratuito até as proximidades do CCBB – embarque e desembarque na Rua da Consolação, 228 e na Rua XV de Novembro, esquina com a Rua da Quitanda, a vinte metros da entrada do CCBB.

Contexto & Comunicação
Adriana Ayres / Marcela Vigo
Tels/fax.: (21) 2540-5105 / 3709-9822
celular.: (21) 9855-5026 / 9945-2044