Agenda de mesa

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU INTERDISCIPLINAR EM CUIDADOS DE SAÚDE E INCLUSÃO DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA

Coordenação: Maria Aparecida Ferreira de Mello, http://lattes.cnpq.br/0191038377240881

Carga horária e modalidade do curso: 460 (quatrocentos e sessenta) horas, presencial

Período e Periodicidade: O curso terá a duração de 11 meses, com encontros quinzenais. Horário das aulas: sextas-feiras das 18:00 às 22:00 horas e sábados das 08:30às 17:30 horas.

Por quê vale a pena fazer o curso:

Em novembro de 2011, o governo brasileiro lançou o Programa Viver Sem Limite que visa atender intersetorialmente aos cidadãos brasileiros com deficiências. As políticas envolvidas no programa são intersetoriais e envolvem saúde, educação, direitos humanos, desenvolvimento social e econômico, acessibilidade e inserção no mercado de trabalho em ações com orçamento de R$ 7,6 milhões. De acordo com a Secretaria Nacional de Promoção dos Direitos da Pessoa com Deficiência, o programa prevê a disponibilização de 2.609 veículos acessíveis para transporte escolar; criação de pelo menos 150 mil vagas de qualificação profissional; busca ativa de crianças e adolescente com deficiência que estão fora da escola, por meio do BPC na Escola; implementação de 200 residências inclusivas; construção de um Centro-Dia de Referência em cada Estado; contratação de 1,2 milhão de casas adaptáveis no Minha Casa, Minha Vida 2; introdução de novos exames para identificação precoce de deficiências; definição de diretrizes terapêuticas; implantação de 45 novos Centros Especializados de Reabilitação em todo o país; entre outras.

Recorrendo aos princípios vigentes fundamentais do Ministério da Saúde,”é através da intersetorialidade, ou seja, da relação propositiva entre os setores responsáveis pelas ações que se referem à qualidade de vida do homem, como saúde, educação, habitação, trabalho, cultura, entre outras” que é possível a promoção, recuperação e manutenção da saúde de formar a otimizar as habilidades funcionais do indivíduo. A intersetorialidade acontece, quando esses setores trabalham em conjunto, construindo parcerias, unindo esforços e somando recursos financeiros e humanos para alcançar um objetivo comum.”

Dessa forma, torna-se fundamental capacitar os técnicos de nível superior e médio dos principais setores que devem trabalhar interdisciplinariamente e intersetorialmente na implementação da Rede de Cuidados à Pessoa com Deficiência no âmbito do Sistema Único de Saúde, e promover a inclusão das pessoas com deficiência no estado .

OBJETIVOS

Geral:

Criar especialistas interdisciplinares em cuidados de saúde e inclusão da pessoa com deficiência de acordo com a Portaria 793 do Ministério da Saúde , de 24 de abril de 2012.

Objetivos Específicos:

Atualizar o conhecimento dos alunos participantes quanto aos direitos das pessoas com deficiência em todas as suas instâncias. * Discutir a epidemiologia e demografia das deficiências no Brasil, suas etiologias, meios diagnósticos e prognósticos. * Compreender e discutir as políticas intersetoriais de garantia e promoção dos direitos das pessoas com deficiência, principalmente às da saúde e educação. * Conhecer, discutir e atualizar os fundamentos e aplicações da reabilitação baseada em evidências. * Aprimorar e atualizar as habilidades dos profissionais na promoção dos processos de reabilitação auditiva, física, intelectual, visual, ostomia e múltiplas deficiências; * Orientar aos alunos acerca do desenvolvimento e aplicação de técnicas e ações de prevenção e de identificação precoce de deficiências na fase pré, peri e pós-natal, infância, adolescência, vida adulta e envelhecimento; * Ensinar aos profissionais de saúde, educação, direitos humanos e/ou desenvolvimento social os fundamentos da oferta de Órtese, Prótese e Meios Auxiliares de Locomoção (OPM), e produtos assistivos por meio do SUS; * Aprimorar e atualizar as habilidades dos profissionais de saúde, educação, direitos humanos e/ou desenvolvimento social na reabilitação e a reinserção das pessoas com deficiência, por meio do acesso ao trabalho, à renda e à moradia solidária, em articulação com os órgãos de assistência social; * Discutir, conhecer e desenvolver mecanismos de formação permanente para profissionais de saúde de todas as categorias e níveis profissionais; *Ensinar como desenvolver estratégias para a realização de ações intersetoriais de promoção e prevenção à saúde em parceria com organizações governamentais e da sociedade civil; * Ensinar e divulgar junto aos profissionais a estes profissionais, técnicas de produção e oferta de informações acerca dos direitos humanos; principalmente sobre as das pessoas com deficiência; medidas de prevenção e cuidado e os serviços disponíveis na rede, por meio de cadernos, cartilhas, manuais, ações artísticas e culturais, entre outras possibilidades; * Desenvolver as habilidades dos alunos de forma ao desenvolvimento de ações de regulação e organização das demandas e dos fluxos assistenciais da Rede de Cuidados à Pessoa com Deficiência; * Aprimorar métodos e técnicas para a construção, produção e análise de indicadores capazes de monitorar e avaliar a qualidade dos serviços e a resolutividade da atenção à saúde, principalmente da saúde das pessoas com deficiência. * Criar condições para que os alunos, individualmente, realizem um projeto de pesquisa (desde a ideia inicial, até a publicação dos resultados) acerca do tema “Cuidados de Saúde da Pessoa com Deficiência e Inclusão”. *

PÚBLICO ALVO

Profissionais de nível superior que atuam na saúde, educação, direitos humanos e/ou desenvolvimento social. (todas as categorias profissionais, desde que comprovem atuação em uma dessas áreas)

Critério de seleção: Compatibilidade do currículo profissional do candidato aos objetivos do curso proposto; Habilidade e conhecimento para leitura e compreensão de bibliografia aplicada durante o curso em língua inglês e/ou espanhol, quando determinado pelo docente responsável, quando ocorrer como única fonte disponível da informação

Vagas por turma: 30

Disciplinas:

Estudo da deficiência no Brasil

Reabilitação Interdisciplinar das deficiências auditiva, física, intelectual, visual, ostomia e múltiplas

Prevenção e Deficiências nos diversos ciclos da vida

Tecnologia Assistiva

Técnicas de Pesquisa aplicadas à qualidade da gestão de serviços de saúde da pessoa com deficiência

Educação de Usuários e Servidores do SUS

Desenvolvimento da Intersetorialidade na Atenção à Pessoa com Deficiência

Regulação e Gestão de Cuidados à Pessoa com Deficiência

Seminário de Conclusão do Curso

Inscrições e informações : cursos@ciape.org.br ; 31 3443 2200

Data prevista de início:28/09/2012