Roda de carro parcialmente em cima da pintura do simbolo da acessibilidade que demarca a vaga para pessoa com deficiência no chão.Poderá virar nacional a campa­nha “Essa vaga não é sua nem por um minuto”, desenvolvida pela agência curitibana TheGetz de­pois da repercussão alcançada pelo incidente envolvendo a em­­presária Mirella Prosdócimo no estacionamento de um supermer­cado de Curitiba, em março. O fa­­to foi amplamente noticiado pela imprensa curitibana.

Ao receber, na semana passada, em Brasília, Mirella e o diretor institucional da agência, Maurício Ramos, a mi­­nistra Gleisi Hoffmann, da Casa Civil, prometeu propor à presi­­den­­te Dilma Rousseff a criação de um programa federal de acessi­bilidade para pessoas com defi­ciência a partir do projeto “Por um Brasil sem Barreiras”, que lhe foi entregue pelos dois.

O projeto propõe ao governo fede­ral o lançamento de um plano na­­cional para garantir a acessibili­dade das pessoas com deficiência em todo o País, com diagnósticos e soluções para as cidades brasileiras. Gleisi aprovei­tou para convidar Maurício e Mirella para contribuir com a elaboração do projeto Inclusão e Acessibilidade, que vai ocorrer em agosto.

Fonte – RAC