Menino desenha casa e sol na lousa e menina observa, ambos de costas para a camera

O projeto tem o objetivo de capacitar, na rede pública de ensino, profissionais para atender alunos com deficiência e/ou com distúrbios de aprendizagem em todos os graus.

O evento contou com a presença de algumas autoridades, entre as quais a Secretária de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Doutora Linamara Rizzo Battistella, o Secretário Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida, Marco Antônio Belizário, o Presidente da Associação Paulista para o Desenvolvimento Médico, Rubens Belfort, o Secretário Municipal da Educação, Alexandre Schneider e o Secretário Municipal de Saúde, Januário Montone.

Doutora Linamara Rizzo Battistella acrescentou que este milênio sinaliza a fraternidade: “É a retomada do discurso sobre o protagonismo da pessoa humana neste planeta, que tem um significado de incluir pessoas, jovens com deficiência dentro do cenário escolar. Materializa com muita clareza essa nova diretriz, esse novo cenário, deste novo milênio. Materializa com muita clareza o nosso compromisso, de ver a escola se efetivar como instrumento de transformação para todos, pessoas com ou sem deficiência. Este milênio sinaliza o que os franceses buscavam por tantos anos que era a fraternidade.”

O projeto tem o objetivo de capacitar, na rede pública de ensino, profissionais para atender alunos com deficiência e/ou com distúrbios de aprendizagem em todos os graus, propiciando a ampliação do acesso destes alunos às classes comuns, com o apoio de professores que receberão suporte técnico.

Fonte: Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência SP