Desenho de cadeira de rodas vista de cima, formada por união de pessoas
Desenho de cadeira de rodas vista de cima, formada por união de pessoas
Tomaram posse dia 17/6

 

 

 os primeiros membros do Conselho Municipal de Defesa da Pessoa com Deficiência de Carpina/PE. O órgão – que possibilita a fiscalização e a proposição de políticas públicas pela sociedade civil – é o primeiro a ser implantado na Mata Norte. Pernambuco, apesar de ser o quarto estado do país com maior proporção de pessoas com deficiência (17,4%) dispõe de apenas sete conselhos em funcionamento nos municípios de Recife, Petrolina, Cabo de Santo Agostinho, Ribeirão, Paulista, Gravatá e, agora, em Carpina.

Segundo o presidente do conselho, Elizeu Ramos, o órgão foi criado pela lei municipal 1.348, de 11 de abril de 2008, mas só depois da intervenção da sociedade civil junto ao Executivo é que foi possível colocá-lo em funcionamento. A meta prioritária do conselho será a acessibilidade em órgãos públicos municipais. Segundo o Cendo 2000, do IBGE, 14,71% da população de Carpina tem alguma deficiência. O Nordeste é a região que apresenta maior percentual de pessoas com deficiência do país (16,8%). Oito dos nove estados nordestinos apresentam as oito maiores taxas de pessoas com deficiência do Brasil.

Fonte: Ministério Público PE

http://www.mp.pe.gov.br/index.pl/nucleo_diversidade_noticias_junho2010_carpina