O dia 15 de junho marca o Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa, data instituída em 2006, pela Organização das Nações Unidas (ONU) e pela Rede Internacional de Prevenção à Violência à Pessoa Idosa.

O objetivo da data é criar uma consciência mundial, social e política da existência da violência contra a pessoa idosa e, simultaneamente, disseminar a ideia de não aceitá-la como normal. A violência contra os idosos deve ser entendida como uma grave violação aos Direitos Humanos.

Para conscientizar a sociedade paranaense sobre a violação de direitos dos idosos, o Fórum Popular Permanente da Pessoa Idosa de Curitiba e Região Metropolitana realiza uma mobilização na terça-feira, 15. O ato acontece a partir das 9h, no Auditório da Biblioteca Pública do Paraná (Rua Cândido Lopes, 133 – Centro – Curitiba).

A violência contra o idoso é um grave problema no Brasil. Um levantamento divulgado em 2007 pela Universidade Católica de Brasília (UCB), mostra que 12% dos quase 18 milhões de idosos do país já sofreram maus-tratos. A violência psicológica é a mais comum, como humilhação, ameaças e discriminação. Agressões físicas, negligência, abandono e uso indevido do dinheiro do idoso são formas de violência que ainda ocorrem contra pessoas com mais de 60 anos.
__________________

Fonte: Informe Social