A atriz Vanessa Romanelli, que vive a personagem Camila na novela Viver a Vida

Camila, a mais nova amiga de Luciana em “Viver a vida”, que surgiu na trama semana passada, seria tetraplégica como a modelo — e explicaria isso quando as duas se conhecessem, na festa na casa amarela. Mas, na última hora, o autor Manoel Carlos resolveu mudar o texto e incorporou à personagem a história verdadeira de sua intérprete, a atriz paulista Vanessa Romanelli, de 24 anos. Ela tem atrofia espinhal, uma doença degenerativa de origem genética, que a obrigou a usar a cadeira de rodas a partir dos 17.

— Vanessa está lá como inspiração perfeita para a personagem. São duas pessoas numa única. O que é ficção é a vida pessoal da Camila — diz Maneco, explicando sua opção por uma atriz cadeirante: — Se estamos falando sobre deficiência física, inclusão social, superação, contar com uma atriz que usa cadeira de rodas nos dá muito mais credibilidade. É como se colocássemos em prática a teoria.

Casada com um jovem não cadeirante, Guilherme (Alexandre Vasconcelos), Camila usará sua experiência no campo afetivo para ajudar Luciana a fazer descobertas. Na nova amiga, a modelo vai encontrar a pessoa ideal para esclarecer suas dúvidas sobre a vida sexual dos deficientes físicos. Aprendizado que, em breve, colocará em prática com Miguel (Mateus Solano). Os dois vão namorar, se casar e ter filhos gêmeos.

— É interessante para Luciana trocar experiência com uma amiga na mesma situação em que ela se encontra. Essa convivência ajuda e faz parte do processo de reabilitação. Elas terão conversas esclarecedoras sobre sexualidade e também sobre outros assuntos. E não será apenas Camila. Outras amigas com problemas semelhantes, e amigos também, surgirão a partir de agora na vida de Luciana — adianta Maneco.

Bióloga formada e cursando mestrado na área, Vanessa faz parte do Grupo Oficina de Menestréis, companhia-escola de teatro de São Paulo que reúne atores com e sem deficiência física. Estava em cartaz com um musical na capital paulista quando foi chamada para fazer testes e ganhou o papel na novela.

— Ainda não consegui acreditar que fui a escolhida — comemora ela, que faz sua estreia na TV: — Achei surpreendente terem escolhido uma cadeirante de verdade. E acho que, apesar de Alinne estar fazendo muito bem a Luciana, essa escolha dará um toque de realidade à trama.

Fonte: http://extra.globo.com/lazer/sessaoextra/posts/2010/03/01/viver-vida-interprete-da-nova-amiga-de-luciana-cadeirante-269912.asp