Prêmio Nacional de Educação em Direitos Humanos 2012, uma espiral pintada a mão

As inscrições para a 3ª Edição do Prêmio Nacional de Educação em Direitos Humanos foram prorrogadas até o dia 31 de agosto. O evento é uma iniciativa do Ministério da Educação (MEC), por meio da Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão (MEC/SECADI), em conjunto com a Secretaria dos Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR). O objetivo da premiação é identificar, reconhecer e estimular experiências educacionais desenvolvidas no país que promovam a cultura de direitos humanos.

O prêmio é destinado a instituições educacionais e órgãos gestores da educação nos estados e municípios. Podem participar instituições públicas e privadas de educação básica e superior, secretarias estaduais e municipais de educação e instituições de educação não formal. Essas instituições poderão inscrever trabalhos desenvolvidos em parceria com outras instituições ou organizações da sociedade civil, como associações de pais e mestres, grêmios estudantis, diretórios acadêmicos, conselhos escolares, municipais e estaduais de educação, entre outras.

Na terceira edição, serão premiadas as seguintes categorias: As secretarias de educação na construção da educação em direitos humanos, a educação em direitos humanos na escola; a formação, a pesquisa e a extensão universitária em educação em direitos humanos e a sociedade na educação em direitos humanos. Haverá, ainda, mensão honrosa para experiências na área da educação no campo.

As inscrições podem ser feitas através dos correios, pela caixa postal destinada ao Prêmio Nacional de Educação em Direitos Humanos nº 600636, CEP 05033-970 São Paulo/PS, ou pelo site www.educacaoemdireitoshumanos.org.br