Miniatura do convite, imagem da capa e o texto abaixo.

Segundo livro da série do Ponto de Cultura UNIMULTIPLICIDADE em parceria com o CENTRO DE CONVIVÊNCIA MOVIMENTO e apoio cultural do INSTITUTO OLGA KOS de Inclusão Cultural.

A série prevê a publicação de seis títulos de nosso folclore (CURUPIRA O PROTETOR DAS FLORESTAS, 2010, já está à venda) baseado no Método Integral de Oscar Oñatívia, 1960, Argentina, elaborado inicialmente para pessoas com transtornos de aprendizagem.

O Método, excelente recurso na comunicação de pessoas com déficit na interação social recíproca, é utilizado junto à pessoas com transtornos globais do desenvolvimento, deficiência intelectual e/ou síndrome de down nas instituições acima citadas.

Cartelas do Método, adaptadas à realidade e ao dia a dia de nosso Centro, são colocadas em lugares estratégicos para que os frequentadores do local possam comunicar suas intenções e necessidades.

Ao longo dos anos, uma série de atividades foi elaborada partindo deste instrumento, culminando na “contação de histórias”. Isto, transformado em Projeto, recebeu, em 2009, o prêmio de Ponto de Cultura, objetivando que frequentadores do Centro de Convivência Movimento e Unimultuiplicidade recontassem seis (6) histórias de nossa cultura pelo Método Integral.

“O Jurutai e a Lua” é uma bela e triste história de amor entre um pássaro e a lua, ilustrado em aquarela por Viviane Zimmermann.

No dia 16 de abril, das 13:00 às 15:00 horas, na Casa de Livros, Rua Capitão Otávio Machado, 259 – Chácara Santo Antônio, São Paulo, haverá o lançamento.

Na data, ainda haverá contação de histórias por Samuca, exposição das ilustrações originais e sessão de autógrafos com todos os autores.

Não deixe de prestigiar. Não deixe de legitimar este ato de competência! Os autores, pessoas que são desafiadas diariamente a compartilhar significados, compreender regras nem sempre tão claras, comunicar sensações indescritíveis, esperam por você!

É à você, a sociedade, que eles esperam autografar um livro!

COMPAREÇA!!

_________________________________

Fonte: Centro de Convivência Movimento