Fundo Brasil de Direitos Humanos

Interessados em desenvolver iniciativas que combatam a discriminação e a violência institucional devem inscrever-se até o dia 28 de fevereiro, conforme edital.

Por meio do Edital 2011, o Fundo Brasil de Direitos Humanos vai apoiar organizações da sociedade civil e indivíduos que atuem na defesa e promoção de direitos humanos. O foco é apoiar iniciativas voltadas ao combate à discriminação e à violência institucional.

O Edital 2011 recebe propostas de todo o país até 28 de fevereiro de 2011. O valor a ser repassado por selecionado varia de R$ 10 mil a R$ 25 mil. As atividades devem ser desenvolvidas em até um ano.

No total, desde 2007, foram investidos pelo Fundo Brasil R$ 2,6 milhões em 108 projetos selecionados. A proposta de cada um deles, bem como o Edital 2011, podem ser conferidos no site: www.fundodireitoshumanos.org.br

No Sudeste, foram 25 iniciativas apoiadas, sendo 11 do Rio de Janeiro. Duas, selecionadas no Edital 2010, estão em andamento: ‘Beijo na rua: Ampliando a comunicação entre prostitutas e com o restante da sociedade’, da Davida – Prostituição, Direitos Civis, Saúde, e ‘O reconhecimento Quilombola como um caminho para o acesso aos direitos e à democratização racial’, da Associação de Remanescentes de Quilombos da Ilha da Marambaia (Arqimar).

Quem apoia o Fundo Brasil – Para fazer as doações, o Fundo Brasil capta recursos junto a empresas e indivíduos que tenham interesse em investir em iniciativas de promoção e defesa dos direitos humanos. O Fundo Brasil recebe esses recursos e tem total autonomia para a escolha dos projetos a serem desenvolvidos, seguindo os parâmetros definidos nos editais.

Em 2010, pelo segundo ano consecutivo, a Natura foi um desses apoiadores. A prioridade da empresa, por exemplo, foram iniciativas da região Norte do país, com foco nas comunidades indígenas, ribeirinhas, urbanas e rurais da região.

_____________________

Fonte: Portal Fator Brasil