Toni Reis recebe o troféu e o Presidente Lula segura um mini-bandeira do movimento LGBT, ao lado do Ministro Paulo Vanucchi, do Ministro Juca Ferreira e da futura Ministra Maria do Rosário.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o ministro Paulo Vannuchi, da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR), entregaram na manhã desta segunda-feira (13), no Palácio do Planalto, em Brasília (DF), o Prêmio Direitos Humanos, que este ano está em sua 16ª edição.

O ministro da Cultura, Juca Ferreira, também participou do evento e deu a sua colaboração à premiação. Ele foi convidado a entregar o prêmio a Antonio Martins dos Reis, o Toni Reis, que foi reconhecido pela sua atuação na promoção e na defesa dos Direitos Humanos da população LGBT desde 1983.

O Prêmio é a mais alta condecoração do Governo Brasileiro a pessoas e entidades que se destacaram na defesa, na promoção e no enfrentamento e combate às violações dos Direitos Humanos em nosso país. O Prêmio é um importante elemento de Educação em Direitos Humanos pela sua capacidade de colaborar para a construção de uma cultura de paz na sociedade.

Neste ano, os premiados receberão uma estatueta idealizada pelo artista gráfico Elifas Andreato especialmente para a ocasião. Fundida em bronze com acabamento em pátina, base de granito preto e plaqueta banhada a ouro, a escultura chama-se “Maternidade”, e foi desenhada a partir da figura de uma mãe carregando seu filho.

Constituída por personalidades nacionais ou indivíduos com notórios serviços prestados à causa dos Direitos Humanos no Brasil, e presidida pelo ministro Vannuchi, a Comissão de Julgamento contou com a ilustre presença de José Geraldo de Sousa Junior, Matilde Ribeiro, Maria Victoria Benevides, Solon Viola e Alci Marcus Ribeiro Borges.

(Comunicação Social/ MinC, com Comunicação Social/ SDH/PR)
(Fotos: Pedro França)

_____________________________

Prêmio Direitos Humanos consagra
Toni Reis pela defesa da população LGBT

O Prêmio Direitos Humanos, que chegou, neste ano, à 16ª edição, foi entregue nesta segunda-feira (13) a Antonio Martins dos Reis, o Toni Reis, reconhecido pela sua atuação na promoção e na defesa dos Direitos Humanos da população LGBT desde 1983.

Toni é presidente da Associação Brasileira de Gays, Lésbicas, Bissexuais, Travestis e Transexuais (ABGLT).

Participaram da cerimônia o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o ministro Paulo Vannuchi, da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR) e o ministro da Cultura, Juca Ferreira.

O prêmio é considerado a mais alta condecoração do governo brasileiro a pessoas e entidades que se destacaram na defesa, na promoção e no enfrentamento e combate às violações dos Direitos Humanos em nosso País.

A estatueta entregue neste ano foi idealizada pelo artista gráfico Elifas Andreato. Fundida em bronze com acabamento em pátina, base de granito preto e plaqueta banhada a ouro, a escultura chama-se “Maternidade”, e foi desenhada a partir da figura de uma mãe carregando seu filho.

___________

Fonte: MinC