(Os professores Enicelmo, Dinávia e Dalva Rocha.)
(Os professores Enicelmo, Dinávia e Dalva Rocha.)

Um dos poucos municípios do Amazonas a se comprometer de fato com a chamada Educação Inclusiva, Humaitá dá passos importantes para o fortalecimento do Programa, já implantado e em pleno funcionamento.

Sob a responsabilidade dos professores Dnávia Miranda Neves Lobato e Enicelmo Pereira Pessoa, a Sala de Recurso Multifuncional está instalada no Centro de Excelência Irmã Carmem Cronenbold e atende atualmente 19 alunos, portadores de necessidades especiais.

Para o ano de 2011, segundo a coordenadora do Programa, Dalva do Nascimento Rocha, mais uma sala será implantada na Creche Áurea Ferreira Cação, ampliando ainda mais a oferta dessa modalidade de educação.

Os professores Enicelmo e Dnávia, que atualmente participam do Programa de Pós-graduação em Educação Especial, oferecido pela UNESP/Marília-SP, estiveram na cidade de Manicoré (AM), nos dias 08-12, participando do II Curso de Formação de Professores da Educação Inclusiva.

Naquele encontro, do qual participaram professores de vários municípios da Calha do Madeira, ficou claro o avanço obtido pelo município de Humaitá, que já conta com professores em Programas de Pós-graduação na área.

Segundo Dalva Rocha, os equipamentos específicos para as atividades são disponibilizados pelo Governo Federal, enquanto toda a estrutura para o desenvolvimento das atividades, incluindo professores, é oferecida pelo município.

Na última sexta-feira (19.11), professores, alunos e familiares, participaram de um encontro de encerramento das atividades de 2010, onde foram apresentados alguns dos aspectos importantes das atividades que são desenvolvidas durante todo o ano.

Ainda segundo a Coordenadora Dalva Rocha, é importante destacar que essa opção de ensino abre uma importante perpectiva para os familiares, já que até bem pouco tempo, crianças com necessidades esepciais, eram praticamente alijadas de qualquer processo.

No Brasil, a Educação Inclusiva está regulada na Constituição Federal, Lei nº 9394/96(Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional – LDBN), Lei nº 9394/96 (LDBN – Educação Especial), Lei nº 8069/90 (Estatuto da Criança e do Adolescente – Educação Especial), dentre outras.

____________________

Fonte: Humaita Noticias