Juventude Negra: preconceito e morte

quarta-feira, maio 25, 2011
Ilustração de carta simbolizando o e-mail.

Envie por e-mail





Envie por e-mail | Aumentar a fonte do texto. Diminuir a fonte do texto. | Por Equipe Inclusive
Inclusive - Diferente - símbolo matemático da diferença. Dois traços paralelos cortados na diagonal por outro traço.

A fim de fomentar a reflexão sobre a maior vulnerabilidade da população jovem, negra e pobre frente aos agravos da saúde, principalmente aos que se relacionam às causas externas, será lançado, no dia 27 de maio, o DVD “Juventude Negra: preconceito e morte”.

Organizado por Marisa Feffermann e Suzana Kalckmann, pesquisadoras do Instituto de Saúde (IS) da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo (SES/SP), o vídeo baseia-se em uma perspectiva histórico-social e econômica que transcende a área da Saúde e em dados que mostram que a morte por causas externas é um dos motivos mais relacionados ao nível de mortalidade destes jovens, tanto por violência praticada por agentes de segurança do Estado, como pela violência exercida pelos grupos que os cercam.

O DVD visa levantar questões relevantes acerca do tema, como a complexidade da relação entre a construção social do preconceito, a discriminação racial e a violência que incide sobre a juventude negra e pobre do País. A experiência do Instituto de Saúde na abordagem dessa questão tem mostrado ser importante criar espaços de sensibilização e de instrumentalização que promovam a troca de conhecimento e experiências para a definição e implementação de Políticas Públicas de Saúde e de Educação mais equânimes.

Após o lançamento do vídeo, haverá, também, a apresentação dos grupos musicais Afro-cultural Pombe Oriba, Fantasmas Vermelhos, Maracatu Boigy, Grupo 380 – Aliado contra o sistema e Bá Kimbuta.

O lançamento do DVD “Juventude Negra: preconceito e morte” acontece no dia 27 de maio, às 17h00, no Auditório Walter Leser do Instituto de Saúde, localizado na Rua Santo Antonio, 590, Bela Vista – São Paulo, próximo à estação Anhangabaú do metrô. Para participar, é preciso preencher a ficha de inscrição, disponível aqui. Outras informações podem ser obtidas pelos telefones 3293-2277/2260/2287 ou pelo e-mail marisaf@isaude.sp.gov.br.

Com informações do Núcleo de Comunicação Técnico-Científica / http://www.isaude.sp.gov.br/

Leia também:

Curso Gratuito de Orientação e Mobilidade
O curso iniciará no dia 19 de fevereiro e com aula...
Educação inclusiva já é uma realidade na região
Uma nova modalidade de educação começa a ser impla...

One Response to “Juventude Negra: preconceito e morte”

  1. Zoraia Braz on 21 de outubro de 2013 at 15:31

    Boa tarde!
    Ao saber da existência deste documentário sentimos que trata-se de uma ferramenta de muita utilidade nas próximas ações da CEPIR – Macaé, e gostaríamos de saber como fazer para adquirir um DVD Juventude Negra:Preconceito e morte.

Enviar comentário