Juventude Negra: preconceito e morte

quarta-feira, maio 25, 2011
Ilustração de carta simbolizando o e-mail.

Envie por e-mail





Envie por e-mail | Aumentar a fonte do texto. Diminuir a fonte do texto. | Por Equipe Inclusive
Inclusive - Diferente - símbolo matemático da diferença. Dois traços paralelos cortados na diagonal por outro traço.

A fim de fomentar a reflexão sobre a maior vulnerabilidade da população jovem, negra e pobre frente aos agravos da saúde, principalmente aos que se relacionam às causas externas, será lançado, no dia 27 de maio, o DVD “Juventude Negra: preconceito e morte”.

Organizado por Marisa Feffermann e Suzana Kalckmann, pesquisadoras do Instituto de Saúde (IS) da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo (SES/SP), o vídeo baseia-se em uma perspectiva histórico-social e econômica que transcende a área da Saúde e em dados que mostram que a morte por causas externas é um dos motivos mais relacionados ao nível de mortalidade destes jovens, tanto por violência praticada por agentes de segurança do Estado, como pela violência exercida pelos grupos que os cercam.

O DVD visa levantar questões relevantes acerca do tema, como a complexidade da relação entre a construção social do preconceito, a discriminação racial e a violência que incide sobre a juventude negra e pobre do País. A experiência do Instituto de Saúde na abordagem dessa questão tem mostrado ser importante criar espaços de sensibilização e de instrumentalização que promovam a troca de conhecimento e experiências para a definição e implementação de Políticas Públicas de Saúde e de Educação mais equânimes.

Após o lançamento do vídeo, haverá, também, a apresentação dos grupos musicais Afro-cultural Pombe Oriba, Fantasmas Vermelhos, Maracatu Boigy, Grupo 380 – Aliado contra o sistema e Bá Kimbuta.

O lançamento do DVD “Juventude Negra: preconceito e morte” acontece no dia 27 de maio, às 17h00, no Auditório Walter Leser do Instituto de Saúde, localizado na Rua Santo Antonio, 590, Bela Vista – São Paulo, próximo à estação Anhangabaú do metrô. Para participar, é preciso preencher a ficha de inscrição, disponível aqui. Outras informações podem ser obtidas pelos telefones 3293-2277/2260/2287 ou pelo e-mail marisaf@isaude.sp.gov.br.

Com informações do Núcleo de Comunicação Técnico-Científica / http://www.isaude.sp.gov.br/

Leia também:

Prêmio Direitos Humanos de jornalismo recebe inscr...
As inscrições podem ser feitas até 21 de novembro,...
Reeducandos que adquirirem hábito de leitura terão...
Para cada três dias de leitura será um a menos na ...

One Response to “Juventude Negra: preconceito e morte”

  1. Zoraia Braz on 21 de outubro de 2013 at 15:31

    Boa tarde!
    Ao saber da existência deste documentário sentimos que trata-se de uma ferramenta de muita utilidade nas próximas ações da CEPIR – Macaé, e gostaríamos de saber como fazer para adquirir um DVD Juventude Negra:Preconceito e morte.

Enviar comentário