Estádios da Copa devem ser acessíveis

quarta-feira, novembro 11, 2009
Ilustração de carta simbolizando o e-mail.

Envie por e-mail





Envie por e-mail | Aumentar a fonte do texto. Diminuir a fonte do texto. | Por Equipe Inclusive

A engenheira Liana Becocci explica as regras da Fifa para a construção de arenas acessíveis

Espaço para cadeirantes no estádio do Engenhão, no Rio de Janeiro (crédito: Luis Cláudio Cunha)

A Copa do Mundo atrai um grande número de pessoas, mas um dos problemas que o Brasil deve equacionara até 2014 é a construção de arenas capazes de comportar todos os torcedores. Entre eles, estão os deficientes físicos, visuais, auditivos e intelectuais.

Pensando em adequar construções grandes como estádios de futebol, a Fifa criou normas que garantem a acessibilidade para que qualquer deficiente consiga assistir aos jogos do Mundial. “A federação segue normas do livro Green Guide, que indica não só formas de acessibilidade para estádios, como também a segurança das pessoas em caso de emergência”, explica a engenheira da Ieme Brasil, Liana Becocci. Ela já fez trabalhos de adaptação de edifícios e vias públicas para a cidade de São Paulo em um projeto com a prefeitura.

Em entrevista ao Portal 2014, a engenheira debate o assunto que tem repercussão e sensibiliza a sociedade brasileira.

Leia a entrevista no site do Portal 2014.  Link abrirá em uma nova janela ou aba.

Leia também:

Autismo e cérebro social - compreensão e ação
O livro apresenta sua trajetória de mãe e médica n...
Participe do processo de formação política e direi...
Ciclo de debates via internet pretende discutir te...

Enviar comentário