Estádios da Copa devem ser acessíveis

quarta-feira, novembro 11, 2009
Ilustração de carta simbolizando o e-mail.

Envie por e-mail





Envie por e-mail | Aumentar a fonte do texto. Diminuir a fonte do texto. | Por Equipe Inclusive

A engenheira Liana Becocci explica as regras da Fifa para a construção de arenas acessíveis

Espaço para cadeirantes no estádio do Engenhão, no Rio de Janeiro (crédito: Luis Cláudio Cunha)

A Copa do Mundo atrai um grande número de pessoas, mas um dos problemas que o Brasil deve equacionara até 2014 é a construção de arenas capazes de comportar todos os torcedores. Entre eles, estão os deficientes físicos, visuais, auditivos e intelectuais.

Pensando em adequar construções grandes como estádios de futebol, a Fifa criou normas que garantem a acessibilidade para que qualquer deficiente consiga assistir aos jogos do Mundial. “A federação segue normas do livro Green Guide, que indica não só formas de acessibilidade para estádios, como também a segurança das pessoas em caso de emergência”, explica a engenheira da Ieme Brasil, Liana Becocci. Ela já fez trabalhos de adaptação de edifícios e vias públicas para a cidade de São Paulo em um projeto com a prefeitura.

Em entrevista ao Portal 2014, a engenheira debate o assunto que tem repercussão e sensibiliza a sociedade brasileira.

Leia a entrevista no site do Portal 2014.  Link abrirá em uma nova janela ou aba.

Leia também:

SNJ divulga texto base da II Conferência Nacional ...
Este texto se apresenta como como um convite ao di...
Itamaraty cria comitê para promover os direitos do...
Serão propostas medidas que facilitem a inclusão d...

Enviar comentário